Mulher

A Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres (CEPM) promove a Campanha 16 Dias de Ativismo, entre os dias 23 de novembro a 19 de dezembro.

Coordenadoria da Mulher dá início a campanha 16 Dias de Ativismo

CEPM realiza programação às mulheres piauienses entre novembro e dezembro

Ascom
(Ascom)
A Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres (CEPM) promove a Campanha 16 Dias de Ativismo, entre os dias 23 de novembro a 19 de dezembro. A ação, lançada por cerca de 23 mulheres de diferentes países reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (Center for Women’s Global Leadership – CWGL), tem como objetivo promover o debate e a denúncia das várias formas de violência contra as mulheres em todo o mundo. A campanha é praticada em cerca de 160 países, simultaneamente, por diversos atores da sociedade civil e do poder público engajados no enfrentamento à violência contra a mulher. Mundialmente, os 16 Dias de Ativismo iniciam-se no dia 25 de novembro, data que marca o Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher. No Brasil, a programação acontece desde 2003, iniciando no dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, para tratar da dupla discriminação sofrida pelas mulheres negras. Este ano, o Piauí adere a campanha, através de uma extensa programação desenvolvida pela CEPM. Confira: Dia 23/NOVEMBRO: Abertura dos 16 Dias de Ativismo Local: Cine Teatro Assembleia 9h – Apresentação de minidocumentário sobre as ações das Unidades Móveis de Enfrentamento à Violência – Apresentação cultural: Paródia Lei Maria da Penha. 9h30min: Composição da mesa de abertura – Presença de autoridades representantes do Governo Estadual e Municipal, representantes Organizações Não Governamentais, Movimentos Sociais e Movimento de Mulheres. – Lançamento do II Seminário Estadual “Mulheres na Política são Mulheres no Poder”. – Lançamento de edital do II Festival de Música da CEPM em parceria com a SECULT 11h: Apresentação mini documentário – Contextualização das Ações das Unidades Móveis de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres do Campo e da Floresta. 11h20min: Homenagem a 30 (trinta) mulheres trabalhadoras rurais de municípios piauienses. 12h: Entrega do Selo Mulher de Atitude 12h40min: Apresentação do Projeto Gênero Mulher – Colégio Estadual Zacarias de Góis Liceu Piauiense. – Apresentação de Peça teatral sobre a história de vida de Maria da Penha – Grupo de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do serviço do CRAS de São João da Serra. 13h30min – Encerramento DIA 27 DE NOVEMBRO A 01 DE DEZEMBRO Entrega das cartilhas sobre a Lei Maria da Penha em delegacias, escolas e bibliotecas públicas. DIA 02 DE DEZEMBRO Palestra 16 dias de ativismo em Angical. DIA 04 DE DEZEMBRO Palestra 16 dias de ativismo em Queimada Nova. DIA 10 DE DEZEMBRO Entrega de equipagem de futebol feminino nas comunidades Baixão do Carlo e Ave Verde. UNIDADES MÓVEIS Mulheres de comunidades rurais recebem ações de assistência jurídica, social e psicológica e participam de palestras e rodas de conversa sobre a autonomia feminina e os diversos tipos de violências. Os ônibus lilás percorrerão os seguintes municípios: DIA 27/NOVEMBRO – Inhuma DIA 28/NOVEMBRO – Picos DIA 29/NOVEMBRO – Pimenteiras e Francisco dos Santos DIA 30/NOVEMBRO – Campo Grande e Lagoa do Sítio DIA 8/DEZEMBRO – Campo Maior DIA 9/DEZEMBRO – Sigefredo Pacheco DIA 19/DEZEMBRO – São João do Piauí (Comunidade Quilombola)
Autoria: Pedro Tavares e Letícia Gonzaga

Comentários

comentários

Ronny
Topo