Altos

Altos-Piaui X Parta-TO, domingo, às 18h, no estádio Felipão,

Manoel aguarda chance no Altos após cumprir suspensão: “Ansiedade grande”

Atacante, ausente na vitória sobre o Assu-RN por 2 a 0 depois de ser expulso contra o Moto, fica à disposição para última rodada da Série D e prioriza vitória: “Independentemente se eu jogar ou não”

Por Arthur Ribeiro e Wenner Tito, Teresina / globoesporte.globo.com/pi

Manoel, atacante do Altos, voltou a virar opção para o técnico Oliveira Canindé e pode ser mais um reforço para o Jacaré na última partida do time na fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro. Manoel retorna à equipe depois de cumprir suspensão automática pela expulsão após a briga com o zagueiro Leone, na partida contra o Moto Club. Embora esteja apto para enfrentar o Sparta-TO, domingo, às 18h, no estádio Felipão, o atacante, titular da posição na temporada, disse que o retorno depende da opção do treinador.

Ansiedade está grande. Estou pronto, mas vai depender do professor, que vai optar por me colocar ou não na partida. Independentemente, se eu jogar ou não, vou estar torcendo pelos meus companheiros, pois o mais importante é o Altos e a vitória – comentou M9, explicando o motivo.

– É o jogo mais importante para gente, pois vai definir se seremos primeiro colocado, ou não, dependendo do resultado no jogo do Moto Club, mas vamos buscar ganhar de qualquer maneira, entraremos com tudo, pois o professor tem todo o grupo a sua disposição – destacou Manoel.

Na última partida disputada, o Altos venceu fora de casa por 2 a 0 o Assu (Foto: Luís Júnior/ AA Altos)Na última partida disputada, o Altos venceu fora de casa por 2 a 0 o Assu (Foto: Luís Júnior/ AA Altos)

Na última partida disputada, o Altos venceu fora de casa por 2 a 0 o Assu (Foto: Luís Júnior/ AA Altos)

Manoel destacou que a soma dos resultados na rodada pode fazer com que o Altos pense até mesmo na primeira posição do grupo. Até o momento, o Jacaré conquistou oito pontos em cinco partidas. Para terminar em primeiro, além de ter que ganhar o jogo contra o Sparta, o Jacaré tem que torcer para uma derrota do Moto Club, que joga em casa com o lanterna, Assu.

Para Manoel, terminar em primeiro tem suas vantagens, pois a equipe poderia decidir durante o mata-mata as partidas em casa, no Felipão.

– Eu acho que seria melhor terminar na primeira posição pelo fato de decidir em casa, pois todos sabem que em casa nos demonstramos bastante fortes. Então eu torço para que possamos avançar de fase e para que possamos terminar na classificação em primeiro lugar – completou o atacante.

O Alviverde sabe que para se assegurar entre os 32 classificados para a segunda fase é necessário não perder em casa. Na competição, apenas os 15 melhores segundos colocados se classificam. Então, para não ficar dúvidas, o ideal é fazer o dever de casa.

Comentários

comentários

Ronny
Topo