Política

Apesar de estar no PMDB, o senador Elmano balançou nesta sexta-feira (3) quando foi questionado se apoiaria o ex-senador JVC em 2018

Elmano admite apoio a João Vicente em possível disputa ao governo em 2018.

Apesar de estar no PMDB, o senador Elmano Férrer balançou nesta sexta-feira (3) quando foi questionado se apoiaria o ex-senador João Vicente Claudino para se candidatar a governador em 2018. JVC, que se afastou do debate político, está retornando aos poucos e tudo indica que voltará para o PTB. “Eu não me vejo separado dele (João Vicente). Entrei na política por causa dele. Ele deixou de ser senador e me indicou, claro que quem me botou foi o povo”, disse em entrevista à TV Cidade Verde. Enquanto João Vicente não decide seu destino político, o PMDB busca a vaga de vice na chapa do governador Wellington Dias, pavimentando a aliança com o PT, que não é reprovada por Elmano. “Nós temos que nos unir neste país. Gregos e troianos, ricos e pobres, pretos e brancos com vistas à solução dos problemas. Não é possível continuar terminando uma eleição e começando outra”, disse, chamando atenção para a crise financeira. “O que está acontecendo com o Rio de Janeiro e persiste no Rio Grande do Sul, continuando este quadro, todos os estados estão no caminho do Rio de Janeiro, inclusive o Piauí. O Wellington nosso governador está se estrebuchando e só vive em Brasília buscando recursos para manter a máquina funcionando. O déficit da previdência mensal é de R$ 90 milhões. Isso sai dos investimentos. A situação do estado brasileiro é crítica. O povo está pagando muito caro por esta desorganização”, finalizou. Hérlon Moraes herlonmoraes@cidadeverde.com

Comentários

comentários

Ronny
Topo