Copa 2018

Bélgica vence, Inglaterra pega ‘moleza’

Bélgica vence mais uma e vai para a chave do Brasil nos mata-matas; Inglaterra escapa e pega ‘moleza’

ESPN.com.br  / Getty Images

Em um “amistoso de luxo” em plena Copa do Mundo 2018, com diversos reservas em campo (já que os dois times já estavam classificados), a Bélgica venceu a Inglaterra por 1 a 0, nesta quinta-feira, em Kaliningrado, pela 3ª rodada do grupo G, e se manteve 100% na competição, impondo também a primeira derrota aos comandados de Gareth Southgate na competição.

Depois de um primeiros tempo sem sal, a segunda etapa foi um pouco melhor. Logo no início, o meia-atacante Januzaj, ex-Manchester United, deu lindo drible em Rose na grande área e mandou uma bomba no ângulo de Pickford, anotando o golaço da vitória.

Os ingleses tiveram grande chance de empatar com Rashford, na metade da segunda etapa, mas Courtois fez uma linda defesa e salvou os “Diabos Vermelhos”, que garantiram assim mais uma vitória no Mundial.

Agora, a Bélgica encara o Japão nas oitavas de final, no dia 2 de julho, em Rostov. Se passar, encara na sequência o ganhador de Brasil x México, que duelam também no dia 2, em Samara. Caso os belgas sigam vivos, podem encarar Uruguai, Portugal, França ou Argentina na semifinal.

Já a Inglaterra se deu bem e caiu na chave teoricamente “moleza” dos mata-matas. O rival das oitavas será a Colômbia, dia 3 de julho, em Moscou. Depois, o vencedor de Suécia x Suíça. Na possível semi, o English Team encara Espanha, Rússia, Croácia ou Dinamarca.

Vardy (esq), da Inglaterra, disputa jogada com Dembélé, da Bélgica© EFE Vardy (esq), da Inglaterra, disputa jogada com Dembélé, da Bélgica

O JOGO

A primeira boa chance da partida aconteceu logo aos 6 minutos, quando Tielemans disparou um foguete de fora da área e quase complicou Pickford, que espalmou meio sem jeito, mas conseguiu defender.

Os belgas seguiram em cima e quase anotaram de novo três minutos depois: após cruzamento da direita, Fellaini ajeitou de cabeça e Batshuayi tentou duas vezes até empurrar além do alcance do goleiro inglês. No entanto, Cahill conseguiu salvar com um carrinho antes da bola passar a linha.

A resposta britânica só foi vir aos 13, quando Dier arrumou ótimo lançamento para Alexander-Arnold, que foi até a linha de fundo e cruzou na cabeça de Vardy. O atacante do Leicester, porém, testou torto.

Em nova chegada dos “Diabos Vermelhos” pouco mais de 10 minutos depois, Batshuayi, que estava a fim de jogo, conseguiu invadir a área, mas foi travado por Stones na hora do chute. No encanteio, Fellaini ficou com a sobra e bateu forte, mas Alexander-Arnold aliviou o perigo.

English Team tentava responder na bola aérea, como aos 34, quando Loftus-Cheek acertou forte cabeçada em cobrança de escanteio, assustando Courtois.

Daí em diante, nada mais aconteceu, e ambas as equipes foram para os vestiários debaixo de vaias dos torcedores, que não gostaram da falta de empenho mostrada pelos jogadores na etapa inicial em Kaliningrado.

Na segunda etapa, a Inglaterra quase abriu o placar logo no iníco: Rashford recebeu no bico esquerdo da grande área e tentou seu tradicional chute colocado, mas que passou longe da meta de Courtois.

No entanto, quem marcou foi a Bélgica: aos 6 minutos, Januzaj pegou a bola na área, deixou Rose na saudade com um bonito drible e mandou uma paulada na gaveta de Pickford, que nem chegou perto. Golaço do ex-Manchester United!

Buscando a reação, a Inglaterra teve uma chance de ouro para empatar aos 20, quando Vardy deu linda enfiada de bola para Rashford. O camisa 21 poderia ter rolado para seu companheiro completar para as redes, mas preferiu tentar o golaço. Resultado: acabou errando e deixando a torcida britânica inconformada.

A dois minutos do fim, quase a Bélgica ampliou com Mertens, que havia acabado de entrar no lugar de Januzaj. Ele soltou uma bomba da meia-lua, mas Pickford fez grande defesa e impediu.

Fellaini teve a última grande oportunidade nos acréscimos, batendo na lateral da rede inglesa. De toda forma, os “Diabos Vermelhos” levaram a vitória.

FICHA TÉCNICA

INGLATERRA 0 x 1 BÉLGICA

Local: Estádio de Kaliningrado, em Kaliningrado (RUS)

Data: 28 de junho de 2018, quinta-feira

Horário: 15h (de Brasília)

Público: 33.973

Árbitro: Damir Skomina (ESL)

Assistentes: Jure Praprotnik e Robert Vukan (ambos ESL)

VAR: Artur Dias (POR), Roberto Díaz (ESP), Pawel Gil (POL) e Mauro Vigliano (ARG)

Cartões amarelos: Tielemans e Dendoncker (BEL)

GOL

BÉLGICA: Januzaj, aos 6 minutos do segundo tempo

INGLATERRA: Pickford; Stones (Maguire), Cahill e Jonas; Alexander-Arnold (Welbeck), Loftus-Cheek, Dier, Delph e Rose; Rashford e Vardy Técnico: Gareth Southgate

BÉLGICA: Courtois; Dendoncker, Boyata e Vermaelen (Kompany); Thorgan Hazard, Fellaini, Dembélé e Chadli; Tielemans, Januzaj (Mertens) e Batshuayi Técnico: Roberto Martínez

Comentários

comentários

Ronny
Topo