Saúde

(CISLA) mantém o Programa Ostomizados

Lineu Araújo mantém único programa de Ostomizados do Estado do Piauí

Pessoa que necessita deve procurar serviço portando documentos exigidos

O Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo (CISLA) mantém o Programa Ostomizados, que atende pessoas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), disponibilizando bolsas para aqueles que, por algum motivo, tiveram que realizar cirurgia de ostomia.

Esse procedimento é quando a pessoa passa a expelir fezes e/ou urina por um novo caminho. Ao todo 826 pacientes estão cadastrados para receberem até 10 bolsas de ostomia por mês. O CISLA é o único local do Piauí que dispensa bolsas de ostomia gratuitamente para pacientes de todo o Estado.

Durante o ano de 2018, foram realizados no Programa de Ostomizados do CISLA 363 novos cadastros de pacientes, entre colostomizados e urostomizados. Ao todo foram entregues em um ano 76.950 unidades de bolsas. Em Teresina, o programa específico para ostomizados funciona no Lineu Araújo desde 1992. “Se a pessoas precisar de dois tipos de bolsas, de colostomia (fezes) e urostomia (urina), ela recebe 20 unidades por mês. Dez de cada tipo. Tudo isso nós registramos e fazemos um controle dos recebimentos”, afirma Mariluce Ferreira, do CISLA.

Ela fala ainda que o CISLA garante atendimento integral a pessoa com ostomia. “Aqui a pessoa recebe orientação sobre como usar a bolsa. Desde o preparo, aplicação, fechamento, reposicionamento, esvaziamento e troca da bolsa”, diz Mariluce.

A ostomia é indicada em vários casos, como cânceres, traumas provocados por acidentes de trânsito, doenças inflamatórias do intestino, doenças obstrutivas, anomalias congênitas ou mesmo agressão por arma de fogo ou arma branca. A pessoa pode utilizar as bolsas de forma temporária ou permanente.

Como conseguir bolsas de colostomia/urostomia pelo SUS

1.A pessoa precisa de um laudo médico com o diagnóstico do problema que levou a fazer a ostomia, se ela é permanente ou temporária e se é colostomia ou urostomia;

2.Munida de toda a documentação necessária – laudo médico e cópia dos documentos pessoais, como cartão do SUS, comprovante de residência atualizado e RG da pessoa ostomizada – a pessoa deve entregá-la no Lineu Araújo, localizado no centro de Teresina;

3. Depois de entregue a documentação no estabelecimento de saúde, a pessoa solicitante irá receber um cartão, onde são estabelecidos os prazos para o recebimento das bolsas.

Fonte: Portal PMT

Créditos: ASCOM FMS

Comentários

comentários

Ronny
Topo