Economia

Governador W. Dias entrega o projeto de reforma para presidente da Alepi

Por Gilcilene Araújo e Maria Romero, G1 PI

A tramitação da proposta de reforma administrativa do governo do estado na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) deve durar 30 dias, segundo o presidente da casa, deputado Themístocles Filho (MDB). O projeto foi entregue nesta segunda-feira (18) pelo governador Wellington Dias (PT).

A previsão de Themístocles Filho, que leu o projeto no plenário da Casa nesta segunda, é de que o texto passe por quatro comissões e seja votado em 30 dias.

No projeto final, as principais propostas são a redução de 2.300 cargos e o corte de 19 órgãos do estado; sendo duas secretarias – e duas devem ser criadas – e 11 coordenadorias, dentre outros.

“Sendo que 1.800 destes 2.300 cargos não estavam ocupados. No caso dos terceirizados, as empresas já estão sendo contatadas para os funcionários serem demitidos e receberem as rescisões. Na planilha de custos das empresas que nós repassamos todos os meses, esses custos já estão previstos”, declarou o secretário de administração, Ricardo Pontes.

Governador Wellington Dias entrega o projeto de reforma para presidente da Alepi — Foto: Gilcilene Araújo/G1

Governador Wellington Dias apresentou o projeto para os deputados — Foto: Divulgação/Alepi

Redução de gastos ampliada

Segundo o governador Wellington Dias, a previsão inicial de economia de R$ 180 milhões em um ano, já havia sido ampliada para R$ 300 milhões. Nesta segunda-feira, a última previsão é de uma economia de R$ 400 milhões em 2019.

Comentários

comentários

Ronny
Topo