Saúde

Michel Temer foi submetido a uma cirurgia na noite desta sexta-feira, 24, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo

Temer é submetido a angioplastia para desobstruir artérias.

Estadão  / Fabio Leite     O presidente Michel Temer foi submetido a uma cirurgia na noite desta sexta-feira, 24, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para desobstruir três artérias. Segundo o médico cardiologista Roberto Kalil Filho, o procedimento foi um sucesso e o presidente está bem. Em nota, a assessoria do Palácio do Planalto informou que Temer foi submetido a uma angioplastia de três artérias coronárias com implante de stent, um tubo minúsculo, expansível, colocado na artéria para melhorar o fluxo sanguíneo para o coração. “Ele foi bem, fez o cateterismo e foram detectadas obstruções em três artérias passíveis de serem tratadas. Foram colocados stents e ele está bem”, disse Kalil Filho, que deve detalhar o procedimento em coletiva de imprensa neste sábado, 25. De acordo com o médico, também foi feita uma reavaliação urológica no presidente por causa da cirurgia na próstata a qual ele foi submetido no dia 27 de outubro e o resultado foi bom. Temer deu entrada no hospital às 19h04 e deve ficar mais dois dias em recuperação no Sírio Libanês.

Comentários

comentários

Ronny
Topo