Esporte

O “mistão” do Mengão fez seu papel de vencer o Boavista por 3 a 1

Substituições fazem efeito, mistão do Flamengo vence o Boavista e garante classificação

Bruno Henrique e Everton Ribeiro entram no segundo tempo e melhoram o time. Dourado, Uribe e Rodrigo Caio fazem os gols; Gabigol se esforça muito, mas passa em branco
  • O “mistão” do Flamengo fez seu papel de vencer o Boavista por 3 a 1 nesta terça-feira, no Maracanã. Depois de um primeiro tempo com muitas dificuldades, a equipe melhorou com as mudanças de Abel Braga, como as entradas de Bruno Henrique e Everton Ribeiro, e fez o placar que garantiu a classificação antecipada para a semifinal da Taça Guanabara. Dourado, Uribe e Rodrigo Caio fizeram para o Rubro-Negro, e Arthur descontou.
  • DESTAQUEPANORAMA
    A equipe rubro-negra, agora líder com dez pontos no Grupo C, volta ao Maracanã no próximo domingo, às 17h (de Brasília), para enfrentar a Cabofriense. Na mesma data e horário, o Boavista, que permanece com seis pontos, recebe o Botafogo em Bacaxá.
  • O JOGORENDA E PÚBLICO
    Publico pagante: 32.650 (34.080 presentes) Renda: R$ 716.169,00 DESTAQUEGABIGOL E OS “QUASE-GOLS”
    Ainda não foi desta vez que o camisa 9 fez seu primeiro gol com camisa rubro-negra. Passou muito perto, mais uma vez. Contra o Botafogo, o árbitro anulou mal seu gol. Contra o Boavista, ele se esforçou muito, lutou, defendeu, brigou e levou amarelo por reclamação. No último gol do Fla, marcado por Rodrigo Caio, a bola passou raspando sua cabeça, e o atacante chegou a dizer que ele havia sido o autor. O árbitro, no entanto, deu para o zagueiro.
    • DESTAQUEGOL DE DOURADO SALVA PRIMEIRO TEMPO FRACO DO FLA
      A equipe do Fla teve dificuldades de criação de jogadas de ataque. Gabigol teve uma oportunidade após cruzamento da esquerda, mas não conseguiu desviar na direção do gol. Arrascaeta arriscou de fora e mandou rente ao travessão. Mas era pouco. O Boavista saiu na cara do gol com Lucas em rápido contra-ataque, mas César fechou o ângulo e defendeu. Somente aos 39 o Flamengo foi eficaz. Rodinei achou bem Vitinho, que entrou na área e mandou uma bomba no travessão. Dourado aproveitou o rebote, se livrou da marcação e mandou no cantinho para fazer 1 a 0.
    • DESTAQUEABEL MEXE, TIME MELHORA E GARANTE A VITÓRIA APÓS SUSTO
      Logo aos quatro minutos o Boavista empatou a partida. Após cobrança de lateral, Arthur arriscou de fora da área e César não conseguiu chegar. O Flamengo passou a se lançar todo ao ataque, com Arrascaeta e Gabigol mais participativos. Dourado teve chance de cabeça, mas o goleiro Rafael defendeu. Abel lançou Bruno Henrique, Everton Ribeiro e Uribe. Foi do colombiano o gol de empate finalizando dentro da pequena área após boa trama de Everton Ribeiro e Trauco. A partida ficou mais aberta, e as chances apareceram. Everton Ribeiro acertou o travessão, e Gabigol se esforçou muito, mas quem decretou a vitória para o Fla foi Rodrigo Caio. Aos 43, Everton Ribeiro cobrou escanteio e o zagueiro mandou de cabeça para a rede.
    • Fonte: globoesporte.globo.com

Comentários

comentários

Ronny
Topo