Teresina

O programa, ‘Família Solidária’ e o ‘Residência Solidária’. SOS Parque Rodoviário

Famílias do Parque Rodoviário são atendidas pelo Programa Cidade Solidária

Das 94 famílias desabrigadas, 38 já estão acolhidas

As famílias vítimas da enxurrada que aconteceu na noite dessa quinta-feira (4) no Parque Rodoviário, zona Sul da capital, foram cadastradas pelas equipes de Assistência Social da Prefeitura de Teresina no programa Cidade Solidária. Das 94 famílias desabrigadas, 38 já estão acolhidas em casa de parentes, amigos e vizinhos, que receberão o aluguel solidário por parte da Prefeitura, mas todas serão beneficiadas.

“Estamos garantindo um atendimento digno para essas famílias que perderam suas residências. As equipes da Prefeitura de Teresina têm trabalhando incansavelmente para garantir o auxílio necessário às pessoas que precisam. Portanto, as famílias que estão acolhendo as vítimas da enxurrada receberão o auxílio da Prefeitura”, afirmou Samuel Silveira, secretário da Semcaspi.

O Programa Cidade Solidária possui duas linhas de atuação: o ‘Família Solidária’ e o ‘Residência Solidária’. No primeiro, a pessoa acolhida indica outra família para lhe receber e a Prefeitura repassa uma ajuda de custo no valor de R$ 250. No segundo, a família deve indicar um imóvel, no valor de até R$ 250, para alugar e a Prefeitura arca com o pagamento no prazo de um ano.

O “Cidade Solidária” atende famílias em situações emergenciais de desabrigamentos, em consequência das chuvas, infortúnios, incêndios, alagamento, transbordamento de rios ou lagoas ou ainda, situações de vulnerabilidades temporárias. O trabalho é executado pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbanos e Habitação (SEMDUH),  das Superintendências de Desenvolvimento Urbano e Rural. Famílias do Parque Rodoviário são atendidas pelo Programa Cidade Solidária

Fonte:  Créditos: Rômulo Piauilino   Veja outras  “CAMPANHAS SOS”  Parque Rodoviário.    

Comentários

comentários

Ronny
Topo