Geral

O programa Vila Bairro Segurança, leva aos 13 bairros que compõem o projeto Lagoas do Norte

Prefeito busca investimentos junto ao BNDES para ampliação do projeto Vila Bairro Segurança

O projeto vai fortalecer a atuação do município na área de segurança pública

O prefeito Firmino Filho esteve reunido com técnicas do Departamento de Gestão Pública do BNDES e secretários municipais para tratar do projeto de ampliação do Vila Bairro Segurança na cidade. A gestão municipal está pleiteando junto ao BNDES um investimento para a instalação do Centro de Comando e Controle  em Teresina, bem como a colocação de um recurso que em outras cidades é chamado de muralha digital e que reduz o furto e roubo de veículos.

De acordo com a Ana Maia, técnica do Departamento de Gestão Pública do BNDES, o projeto vai fortalecer a atuação do município na área de segurança pública.”O projeto  vai dar a oportunidade de consolidar algumas ações que já estão sendo feitas na regiõa do Lagoas do Norte, pensando na expansão para toda a cidade, uma expansão planejada, baseada em estudos, com o fortalecimento da Guarda Municipal, com uso da tecnologia e com foco na prevenção. O BNDES trabalha aprovando os projetos, estamos numa fase já avançada de negociação e com o projeto chegando até o banco há um trâmite de aprovação e contratação. Essa contratação a gente pretende que aconteça ainda esse ano.O projeto tem uma frente de tecnologia que vai trazer muita novidade aqui para a gestão da segurança no município, tem uma parte de prevenção focada no primeiro momento na população jovem, compondo  uma política que já existe no município e que contempla não só os jovens, mas as mulheres, crianças e também o fortalecimento da Guarda Municipal , que está em projeto de expansão. Queremos melhorar a sensação de segurança, a redução de alguns crimes e da violência”, afirmou.

Segundo o prefeito Firmino Filho, o projeto mostra que a gestão está estreitando a parceria com o BNDES na área da segurança. “Pouco a pouco a Prefeitura de Teresina é chamada para contribuir na questão da segurança pública. O projeto Vila Bairro Segurança trabalha muito na área social e também na área de proteção, especialmente na garantia de ordem pública.  É fundamental que nós possamos ampliar e massificar os projetos sociais voltados para a juventude. Se faz necessário também o estabelecimento de um sistema de câmera espalhadas na cidade de Teresina que nos premita ter um sistema de controle em parceria com o Governo do Estado e incorpore as várias áreas, não apenas na área da segurança, mas também colocando vários outros aspectos da nossa cidade. Então a ideia  é fazer essa grande parceria para que possamos de alguma forma contribuir com a questão da segurança pública, resgatar a ordem pública na cidade de Teresina”, destacou.

Para o secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, Samuel Silveira, essa reunião faz parte de uma caminhada que a Prefeitura de Teresina busca para um posicionamento ainda melhor na contribuição de uma cidade com a sensação de segurança mais forte. “Estamos pleiteando junto ao BNDES um recurso que inicialmente foi da ordem de R$ 53 milhões, está sofrendo alguns ajustes, e esse recurso permititrá a instalação de um Centro  de Comando e Controle aqui na nossa cidade que reunirá todos os esforços da nossa Guarda Municipal, SAMU, Strans, Polícia Militar, Polícia Civil e a colocação do que outras cidades têm chamado de muralha digital, isso reduz sensivelmente o furto e roubo de veículos e faz com que haja celeridade e rapidez na recuperação de veículos roubados. Esse projeto não tem apenas a questão repressiva, mas tem também no seu bojo uma natureza de prevenção muito forte como a requalificaçao dos dois CEUS já existentes na cidade. Enfim, existe uma série de circunstâncias nesse projeto que possibilitarão a colocação da cidade de Teresina numa contribuição ainda mais forte para que nosso povo se sinta mais seguro”, ressaltou.

Lançado em fevereiro de 2018, o programa Vila Bairro Segurança, uma inciativa da Prefeitura de Teresina executada pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), leva aos 13 bairros que compõem o projeto Lagoas do Norte a repressão contra a violência por meio dos projetos “Teresina Protege” e “Blitz Sufoco” – e também a prevenção à criminalidade, através do projetos do eixo preventivo; o “Educando para Prevenir”, “Paz na Escola”, “Meu Bairro é Vivo” e “Sou Capaz”.

Fonte: portalpmt.teresina.pi.gov.br   /  Créditos: Renato Bezerra

Imagens Relacionadas:

Comentários

comentários

Ronny
Topo