Picos

O projeto Rondon retornará ao Piauí ainda esse semestre

Projeto Rondon voltará ao Piauí com Operação João de Barro

Pelo menos 12 municípios da região de Picos devem ser atendidos pelos rondonistas.

 

O projeto Rondon retornará ao Piauí ainda esse semestre para a realização de ações voltadas para o desenvolvimento sustentável e ampliação do bem-estar de comunidades carentes. O lançamento foi feito nesta segunda-feira (8), no Palácio de Karnak com a presença do governador Wellington Dias, o coordenador geral do Projeto, Almirante Luis Otávio e o coordenador de Comunicação Social do Projeto Rondon, coronel Alexandre Scholtz.

Em janeiro deste ano, a Operação Parnaíba contemplou 12 municípios da região norte do estado. “Voltaremos com a Operação João de Barro em julho que deve atender a região de Picos. Pelo menos mais 12 cidades serão atendidas por 252 rondonistas, entre professores e alunos universitários que irão multiplicar o conhecimento para toda população desses municípios”, explicou o coronel Scholtz.

A operação é uma parceria do Ministério da Defesa e o Governo do Piauí. Também são parceiros a Associação Piauiense de Municípios (APPM) e o Exército Brasileiro, por intermédio do 25º Batalhão de Caçadores. Estudantes que estão na fase final da universidade em áreas diversas como saúde, meio ambiente, ciências agrárias, informática, educação e outras áreas sociais, poderão participar do projeto que propicia a atuação nas regiões mais necessitadas do país.

“O Projeto Rondon já vem de uma longa experiência de sucesso no Brasil. Ainda no início dos anos 80, tive contato com equipes rondonistas no Vale do Fidalgo, aqui no estado. É uma ótima experiência para as comunidades que são atendidas por eles. Agora, a região do semiárido receberá o projeto, ao final do trabalho ganha o Piauí e eles também. Sou grato ao Ministro da Defesa por essa parceria”, disse o governador Wellington Dias.

Segundo o prefeito de Cajazeiras do Piauí, Aldemar Neto, a expectativa é de que 1500 pessoas sejam atendidas pelo projeto na sua região. “Já estamos com nossa equipe preparada para recepcioná-los e montar nosso plano de trabalho e atender mais de mil pessoas”, disse.

Projeto Rondon

Desenvolvido desde a década de 1960 pelo Ministério da Defesa, em parceria com governos estaduais, municipais e Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas, o Projeto Rondon contribui para a formação do jovem universitário como cidadão e para o desenvolvimento sustentável nas comunidades carentes. Lançamento da Operação João de Barro do Projeto Rondon

Para saber mais, acesse www.projetorondon.defesa.gov.br/portal/

Fonte: pi.gov.br  /  Autoria: Aline Medeiros e Lorena Costa
 
 

Comentários

comentários

Ronny
Topo