Polícia

(Sejus) entregou, em solenidade, na Casa de Custódia de Teresina, 132 novas pistolas calibre .40 e 2.000 unidades de munição a agentes penitenciários.

Secretário entrega armas e anuncia construção de sede da Academia de Formação Penitenciária

Foram entregues 132 pistolas .40 e 2.000 unidades de munição.

Thanandro Fabrício
Thanandro Fabrício (Thanandro Fabrício)
A Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus) entregou, em solenidade nesta quinta-feira (18), na Casa de Custódia de Teresina, 132 novas pistolas calibre .40 e 2.000 unidades de munição a agentes penitenciários. No total, 500 pistolas foram adquiridas e estão sendo entregues aos agentes da capital e interior do Estado. A solenidade foi em comemoração ao Dia do Agente Penitenciário do Piauí, 18 de janeiro.
Com o novo armamento, os agentes penitenciários do Estado recebem, da Secretaria de Justiça, mais de 600 novas armas, desde 2015, bem como munição, equipamentos de proteção individual e viaturas.
O agente Reginaldo Correia relata que, mesmo tendo feito cursos no passado, nunca tinha recebido uma arma. “Hoje, temos que agradecer e nos unir, para desempenhar nossa função de servidor”, diz.
Na ocasião, o secretário de Justiça, Daniel Oliveira, anunciou a construção da sede da Academia de Formação Penitenciária do Piauí (Acadepen) – o prédio onde, atualmente, funciona é alugado. Oliveira ressalta que a entrega das novas armas e equipamentos mostra que “o Piauí dá exemplo de, mesmo em uma crise nacional, conseguir avançar na modernização do sistema prisional”.
Também presente, o deputado estadual Dr. Hélio Oliveira observa que “o Piauí é referência em valorização do servidor e do sistema prisional, inclusive na criação de vagas para reduzir a superlotação”.
Autoria: Israell Rêgo

Comentários

comentários

Ronny
Topo