Esporte

Técnico RF, River com problemas no ataque e no preparo físico.

Jogadores revelam insatisfação com entrevista de ex-treinador do River: “muito infeliz”

O dia seguinte após a saída do técnico Rodrigo Fonseca do comando do River foi de entrevistas coletivas no clube tricolor, o que já estava programado antes mesmo do pedido de demissão do treinador. Apesar de tentarem ser ponderados, os jogadores confirmaram que as declarações de Fonseca após a derrota por 1 a 0 para o 4 de Julho, no domingo (10) decepcionaram o elenco.

Roberto Fonseca, entre as críticas que fez, disse que viu um River com problemas no ataque e no preparo físico.

O zagueiro Audálo, que jogou em Piripiri, não escondeu sua frustração com a fala do treinador.

– A gente foi pego de surpresa com essa entrevista do professor. Eu não o conhecia. E ele chegou e praticamente não respeitou nenhum profissional da equipe. Primeiro de tudo o respeito ao profissional. Nós procuramos dar o máximo lá no jogo, nós corremos o tempo todo, e ele fazer uma declaração daquela dalí, acho que não só eu como todos os jogadores ficamos abatidos com isso daí.

Quando perguntei a Audálio sobre a declaração de Rodrigo Fonseca de que o time estava “se arrastando” em campo, o zagueiro lembrou que Erivelton foi expulso na reta final do primeiro tempo.

– Um time com um homem a menos, correr da forma que correu lá em Piripiri e ele dizer que o time tava se arrastando, nisso aí ele foi muito infeliz. Tenho certeza que com cabeça fria ele refletiu que ele errou muito na entrevista.

Capitão do time, o atacante Eduardo disse que sequer chegou a conhecer o treinador – e estava suspenso da partida de Piripiri – mas considerou as declarações infelizes.

– Eu respeito a opinião dele, mas eu não acho que é dessa forma. Acho que a gente poderia tratar desse assunto internamente, resolver. Aquilo que não agradou a ele poderia chegar na diretoria.

Na quinta-feira, o River vai enfrentar o Piauí e será comandado pelo auxiliar Maradona. Ele concorda que pontos listados por Fonseca devem ser resolvidos internamente.

– O professor Rodrigo foi infeliz nas declarações dele. Inclusive, durante o intervalo, ele ressaltou que os atletas estavam bem na partida. E logo depois, porque nós sofremos o gol e perdemos, ele deu aquela declaração infeliz.

Maradona já conversou com os atletas e tanto Eduardo como Audálio frisaram que o grupo está fechado para conseguir a primeira vitória no Campeonato Piauiense.

Ainda não há definição de quando um novo treinador será anunciado pela diretoria do Galo. Foto: Fábio Lima Fonte: Cidadeverde.com

Comentários

comentários

Ronny
Topo