SIGA O 24H

.Sem Categoria

Mmeditando sobre o sacramento da ORDEM (serviço/missão) e o dom do CONSELHO (consolo/descanso) no Espírito Santo.

Publicado

em

Compartilhar isso...

Cerco de Jericó 5° dia

As leituras são: Josué 4,1-8; Salmo 102(101); Gênesis 2,1-3; Evangelho do dia: Lucas 2,41-51; Catecismo da Igreja Católica  n° 1590 a 1600 e 700 (símbolo DEDO/DIGITAL/REGISTRO), meditando sobre o sacramento da ORDEM (serviço/missão) e o dom do CONSELHO (consolo/descanso) no Espírito Santo.Abençoado dia para aprendermos de Jesus que  ninguém se perde quando busca fazer de dato a vontade de Deus Pai, que é fiel e cuida de cada um de nós.Após a travessia do Rio Jordão  a pé enxuto rumo a Jericó, aos israelitas foi ordenado fazerem memória de tão grande feito, utilizando as pedras por onde tinham passado, um monumento a Deus.A sempre Virgem  Mãe Maria guardava tudo em seu Imaculado Coração, principalmente as aflições decorrentes de ser a Mãe de Deus Filho, que embora sendo obediente a seus pais terrenos, ele ficou no templo por dias debatendo com os doutores da Lei, se edificando e edificando a muitos do Templo, O mesmo Templo que seria destruído, Ele mesmo, e as cortinas do Santissimo foram rasgadas, reveladas, de cima para baixo na hora da crucificação de Jesus.A exemplo do Imaculado Coração da Virgem Mãe, também nos devemos buscar conhecer, vivenciar e testemunhar a misericórdia e a Palavra de Deus em nossa vida, que é Jesus e seu modelo de amor. Assim também somos chamados, enquanto católicos, à observância dos sacramentos a cada dia. Jesus nos deixou meios diários de limpeza e fortificação da alma, aprendizado e memória para seguirmos como cristãos, missionários ordenados ou não, e principalmente nos deu sua mãe, a Virgem Maria para ser também nossa Mae.Cada um em suas realidades, limitações e dons, pode fazer sua  parte, honrando a vontade de Deus, registrada (dedo/digital/testemunho) na Bíblia, falada ou escrita, condensada e traduzida na Idade Média e hoje editada e lida até eletronicamente. Jesus foi testemunhado pelo sim da Virgem Maria , desde seu  ventre  e na vida, com sua  conduta pela conversão sincera. O convite é para termos fé, esperança e amor-caridade, confiante no triunfo da fidelidade a Deus com o Imaculado Coração de Maria. Jesus renova todas as coisas!! Orações recíprocas!🙏https://www.instagram.com/p/C7-QPZTOUWt/?igsh=MXVhM2dxcDE2cXhj

vmelo2019

Cerco de Jericó 4° dia

As leituras são: Josué 3,5-17; Gênesis 1,20-23; Salmo 50(51); Evangelho do dia: João 19,31-37; Catecismo da Igreja Católica n° 1659 a 1666 e 697 (símbolo NUVEM E A LUZ/MISTÉRIO E PROTEÇÃO), meditando sobre o sacramento do MATRIMÔNIO (casais ou Igreja) e o dom da PIEDADE no Espírito Santo.
Abençoado dia para aprendermos que é acolhendo e preenchendo nossa vida com a presença e as propostas de Jesus, de seu Sagrado Coração de amor, que nos desviamos do mal e encontramos a salvação ofertada por Deus.
Hoje em Josué 3,5-17 vimos a necessidade de despojamento de nós mesmos, do esvaziamento para a travessia, conforme a vontade de Deus. Não adianta nos despojarmos de nossas antigas bagagens se não nos preenchermos da Palavra revelada e presente em Jesus.
Hoje, Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, lembramos também que Jesus se entregou por inteiro na cruz por nós. Pelo Sangue de Jesus o nosso sangue em pecado já foi pago, mas nem sempre demonstramos gratidão a Deus Filho, que fez o pior e mais duro sacrifício e tudo venceu para nossa salvação.
O Sagrado Coração também mostra que Jesus não se poupou, revela o empenho de Jesus para não perder ninguém, e que foi aberto para a nossa salvação. Em seu amor sem fim entregou-nos tudo até a última gota de sangue. É do coração de Jesus que nasce também a Igreja, os sacramentos e as vocações.
Tudo nasce do lado aberto de Jesus, que nos conhece, ama e tem poder sobre todos, mas não impõe sua presença ao nosso coração. Só nós temos a chave, no livre-arbítrio e fé, para que Deus entre e instale sua presença de amor e mudança em nossa vida. Jesus veio nos ensinar que os preceitos divinos são de retidão e misericórdia (piedade) e são melhor entendidos na vivência diária fazendo a vontade divina com alegria, cientes que, se andamos (matrimônio /igreja) com Jesus, Ele cuida de nós. Jesus traz a mudança em nossa vida, benção e proteção ( nuvem e luz), desde que o coloquemos no centro de nossa existência, com escolhas certas nesta dimensão terrena, que tem reflexo na dimensão espiritual. Fé, esperança e amor-caridade! Jesus renova todas as coisas!! Orações recíprocas!! 🙏🙏🙏

vmelo2019

Cerco de Jericó 3° dia

As leituras são: Josué 2; Gênesis 1,14-19; Salmo 38(37); Evangelho do dia: Marcos 12,28b-34; Catecismo da Igreja Católica n° 1485 a 1498 e 698 (símbolo SELO/CARÁTER), meditando sobre o sacramento da CONFISSÃO/RECONCILIAÇÃO/PENITÊNCIA e o dom do TEMOR A DEUS no Espírito Santo.
Abençoado dia para meditarmos que Jesus veio nos revelar sobre o real cumprimento da vontade de Deus, que é a prática do amor-caridade, com retidão e humildade.
Assim como Raab decidiu e não voltou atrás pela salvação no tempo de Jericó, também nós podemos decidir (selo/caráter cristão) acolher autenticamente os preceitos de amor presentes em Jesus.
Deus tanto nos amou que enviou seu Filho Unigênito por meio da Virgem Maria, para nos ensinar como vivenciar o amor caridade com atenção (temor a Deus) ao fundamento eterno diante das dificuldades humanas.
Jesus resumiu em dois os Dez Mandamentos, mostrando que estes são de amor, são eternos e estão visíveis na cruz. Jesus ensina e ordena os dois maiores preceitos: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e com toda a tua força!”(contém do 1° ao 4°); “Amarás o teu próximo como a ti mesmo!”(contém do 6° ao 10°). Isto para aprendermos que não é possível amar a Deus sem amar o próximo, ou sem retidão e o exercício do perdão, ou sem conversão (confissão/reconciliação). É Deus quem faz a obra eterna, mas devemos pedir a graça de fazermos nossa parte, com disposição, sem desistência, sem corrupções mundanas da lógica humana, sem relativização da fé. Muitas vezes precisamos de Jesus, mas não o buscamos nas 24h do dia, nem calamos nossas vozes internas e não acolhemos o amor infinito de Deus, personificado em Jesus. Lembremos que, estando ou não em grandes aflições, a oração, busca habitual e sincera de intimidade com Jesus como centro de nossa única vida, cria degraus para a salvação, traz bençãos infinitas desde aqui na terra até o céu. Jesus é o melhor objetivo que podemos perseguir, pois é o único que nos dá plenitude de vida e supera todas as dimensões terrenas pela fé. Deus é mais! Fé, esperança e amor-caridade! Jesus renova todas as coisas! Orações recíprocas!🙏

vmelo2019

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade